Acessibilidade       A+  A-          Botão Libras  Botão Voz          
O que você procura?
Quinta, 19 de Abril de 2012.

CFESS lança manifesto sobre o Dia da Luta Indígena
É a primeira vez que a publicação aborda o tema. Texto traz histórico sobre a população indígena no Brasil, sua organização política e a sua luta por direitos

Dia da Luta Indígena (arte: Rafael Werkema)

O CFESS Manifesta sobre o Dia da Luta Indígena deste 19 de abril é um grande acontecimento para o Conselho Federal por pelo menos dois motivos. Primeiramente porque nunca, na história desta publicação, uma edição foi dedicada inteiramente à questão indígena. Em segundo lugar é que o manifesto dá início a um debate que precisa ser aprofundado no Serviço Social.

No primeiro parágrafo, o CFESS Manifesta já dá o recado de que a abordagem feita ao tema não é a do senso comum. “Distanciamo-nos das comemorações cívicas aprendidas na escola, com o intuito de disseminar a ideia de um país de ‘iguais’, e o índio um imaginário folclórico, ‘índio didático’ das cartilhas, que fazia parte do nosso passado”, diz trecho do documento.

O texto faz um histórico sobre a população indígena no Brasil, sua organização política e a sua luta por direitos, que são violados desde que os colonizadores pisaram na América.

O documento destaca também a intervenção do/a assistente social na questão indígena. “Nosso campo profissional vem se ampliando, ultrapassando as fronteiras urbanas, seguindo o rastro do acirramento das desigualdades sociais no espaço rural, provocado pela expansão do grande capital nesse âmbito. Compondo as contradições dessa expansão, vê-se a crescente inserção das chamadas populações tradicionais (índios, ribeirinhos, quilombolas, pescadores, etc.) nas políticas sociais brasileiras”, afirma o manifesto.

Leia o CFESS Manifesta do Dia da Luta Indígena 


Conselho Federal de Serviço Social - CFESS
Gestão Tempo de Luta e Resistência – 2011/2014
Comissão de Comunicação

Rafael Werkema - JP/MG 11732
Assessor de Comunicação
comunicacao@cfess.org.br