Acessibilidade       A+  A-          Botão Libras  Botão Voz          
O que você procura?
Terça, 13 de Novembro de 2018.

'Ética em movimento' possibilita reflexão e capacita assistentes sociais sobre a ética profissional
Curso chega a sua 16ª edição ampliando e multiplicando o debate sobre a temática. Turma homenageia ex-conselheira Marylucia Mesquita

Imagem mostra sala onde ocorreu o curso. Ao fundo está a assessora jurídica do CFESS, Sylvia Terra, e os/as participantes sentados acompanhando a aula expositiva.A assessora jurídica do CFESS Sylvia Terra ministra o módulo Ética e instrumentos processuais (Foto: divulgação)

 

Terminou no último sábado (10/11), em São Paulo (SP), a 16ª edição do Curso de Capacitação para Agentes Multiplicadores/as do Ética em Movimento.

 

Com uma carga horária de 64 horas e destinado a assistentes sociais das Comissões de Ética e Direitos Humanos (CEDH) do CFESS e dos CRESS, o curso possibilita a apreensão crítica da natureza histórica e política de ética social e profissional, bem como dos direitos humanos.

 

Contribui também para uma reflexão crítica dos fundamentos, valores e princípios do Código de Ética Profissional e amplia o debate ético no âmbito da atividade profissional, política e social e dos direitos humanos, ultrapassando a sua dimensão meramente legal e formal.

 

O curso, coordenado pela CEDH/CFESS, é dividido em quatro módulos – Ética e história; Ética e trabalho profissional; Ética e direitos humanos; e Ética e instrumentos processuais – ministrados respectivamente pelas professoras Lúcia Barroco (PUC-SP), Cristina Brites (UFF/Rio das Ostras), Silvana Mara de Morais dos Santos (UFRN) e Sylvia Terra (assessora jurídica/CFESS).

 

As professoras que ministram as aulas expositivas e dialogadas perpassaram por temas como mediações morais e vida cotidiana, questão social, neoconservadorismo e irracionalismo, concepções de direitos humanos, desafios éticos face à defesa Intransigente dos direitos humanos, entre outros, além de possibilitar um debate sobre o atual Código de Ética Processual. Além das aulas, ocorrem também apresentações de filmes e documentários.

 

“Além das inúmeras reflexões sobre ética profissional que o curso possibilita, podemos também aprofundar nosso conhecimento sobre uma das atribuições precípuas do Conjunto CFESS-CRESS, que é o de análise e julgamento de recursos éticos, conhecendo mais a fundo, por exemplo, as fases processuais”, explica a coordenadora da CEDH-CFESS, Daniela Möller.

 

Ou seja, o curso vem cumprindo a importante tarefa de qualificar assistentes sociais de várias regiões do país para que o Conjunto CFESS-CRESS possa cumprir um de seus principais objetivos, que é o de orientar e discutir a ética profissional, a conduta profissional e o exercício profissional da categoria.

 

A professora da UFRN Silvana Mara está em pé olhando para o telão enquanto a turma, sentada, acompanha sua explanação

A professora Silvana Mara, da UFRN, ministra o módulo Ética e direitos humanos (Foto: divulgação)

 

Multiplicação e homenagem a Marylucia Mesquita

O Curso de Capacitação para Agentes Multiplicadores/as do Ética em Movimento não se encerra com o término das aulas expositivas. Pelo contrário, os/a participantes devem agora se preparar para multiplicar seu conteúdo em suas respectivas regiões, por meio projetos que devem ser aprovados pelas diretorias dos respectivos CRESS e apreciado pela CEDH/CFESS.

 

É costume as turmas do curso escolherem um nome para representá-las. Neste ano, os/as participantes homenagearam a assistente social e ex-conselheira do CFESS, Marylucia Mesquita, morta em 2017.

 

Marylucia Mesquita foi uma das fundadoras do projeto Ética em Movimento, nos anos 2000, e coordenou a CEDH/CFESS (2011-2014). Sempre ressaltou a relevância do Curso: “ao provocar a sensibilidade ética dos sujeitos profissionais que lidam cotidianamente com a violação de direitos como violência, convida corações e mentes a se despirem dos preconceitos, das armaduras do conservadorismo e do atalho imediatista que permeia o exercício profissional. Não é demais lembrar que, em tempos de barbárie sob o capital, torna-se imprescindível reafirmar princípios e valores no horizonte da emancipação humana, bem como reconhecer e fortalecer as conquistas históricas dos movimentos sociais comprometidos com uma ordem societária anticapitalista, não patriarcal, antirracista e não heterossexista”, disse em entrevista em 2013.

 

“A nossa turma homenageia a militância histórica de uma incansável assistente social pela pauta da ética e direitos humanos no conjunto CFESS-CRESS. Marylucia Mesquita, presente!”, bradaram os/as participantes do Curso.

 

Imagem mostra a turma de participantes da 16ª edição do curso. Todas as pessoas estão sentadas ou em pé, em grupo, posando para a fotografia.

Turma "Marylucia Mesquita", com a professora Lúcia Barroco ao centro. (Foto: divulgação)

 

Como participar

É importante que a categoria se aproxime dos Regionais, que participe das comissões e atividades promovidas pelos conselhos que possibilitam o fortalecimento da profissão.

 

Saiba mais sobre o Projeto Ética em Movimento assistindo ao vídeo comemorativo

 

 

Homenagem à assistente social Marylucia Mesquita

 

 

Conselho Federal de Serviço Social - CFESS
Gestão É de batalhas que se vive a vida - 2017/2020

Comissão de Comunicação
Rafael Werkema - JP-MG 11732
Assessoria de Comunicação
comunicacao@cfess.org.br