Terça, 25 de Junho de 2013.
Política de drogas: proibir e trancar não resolve o problema
Leia o CFESS Manifesta do Dia Internacional contra o Abuso e Tráfico Ilícito de Drogas
Carregando...

Ilustração retrata pessoa sendo internada compulsoriamente, a partir de uma política sobre drogas proibicionista que recebe apoio do Congresso Nacional(arte: Rafael Werkema/CFESS)

 

Na última semana, o CFESS publicou uma entrevista com a assistente social e pesquisadora Cristina Brites, que fez um debate sobre o uso de drogas e a internação compulsória longe do senso comum ditado pela mídia e pelo Estado. Ela apresentou experiências de trabalho em equipes de atendimento a usuários de drogas, questionou o recolhimento à força, apresentando alternativas, e afirmou que o debate não deve ser contaminado por questões moralistas e conservadoras.

 

Pois bem, o tema volta a ser assunto desta página virtual, desta vez com o CFESS Manifesta do Dia Internacional contra o Abuso e Tráfico Ilícito de Drogas, celebrado nesta quarta-feira, 26 de junho.

 

No documento, o Conselho Federal afirma: “A prioridade da política sobre drogas então definida não está orientada para a atenção pautada na redução de danos, mas, ao focar a centralidade do enfrentamento no uso do crack, decorrem daí, em especial, ações policiais violentas e tratamentos compulsórios, ao invés de proporcionar o cuidado ao/à usuário/a em seu território, respeitando a sua autonomia e liberdade”.

 

O CFESS Manifesta aponta também alguns eixos defendidos por movimentos sociais que discutem a política de drogas no Brasil, inclusive pela Frente Nacional sobre Drogas e Direitos Humanos (FNDDH), da qual o Conselho faz parte. Entre os pontos estão: descriminalização da posse de drogas e do cultivo para uso pessoal; definições de parâmetros que possibilitem definir e distinguir, explicitando usuários/as e traficantes; priorização dos tratamentos ambulatoriais em detrimento das internações; fortalecimento da estratégia de redução de danos nas políticas de atenção integral a usuários/as de drogas; dentre outras.

 

Leia o CFESS Manifesta do Dia Internacional contra o Abuso e Tráfico Ilícito de Drogas

 

Releia a entrevista com a assistente social e pesquisadora Cristina Brites, que fez um debate sobre o uso de drogas e a internação compulsória

 

Conselho Federal de Serviço Social - CFESS
Gestão Tempo de Luta e Resistência – 2011/2014
Comissão de Comunicação
Rafael Werkema - JP/MG 11732
Assessoria de Comunicação

comunicacao@cfess.org.br 

Quem somos
Autarquia pública federal que tem a atribuição de orientar, disciplinar, normatizar, fiscalizar e defender o exercício profissional do/a assistente social no Brasil, em conjunto com os Conselhos Regionais de Serviço Social (Cress).
Cadastre-se
E receba por e-mail nosso CFESS Informa, informativo eletrônico com as principais notícias sobre o Serviço Social brasileiro
Conecte-se
O CFESS também esta nas redes sociais
Endereço
Conselho Federal de Serviço Social - CFESS
SCS Quadra 2 Bloco C Ed. Serra Dourada - Salas 312/318
CEP: 70300-902 - Brasília - DF
Tel: (61) 3223-1652
Tel: (61) 3223-2420
Funcionamento: de segunda a sexta de 12h às 18h. Dúvidas e sugestões pelo Fale Conosco.