Quarta, 19 de Junho de 2013.
“Da Copa eu abro mão, eu quero Educação”
CFESS realiza nova mobilização na Câmara, mas parlamentares novamente não comparecem à sessão da Comissão de Educação
Carregando...

Cartaz clama por Educação Cartaz levado pelo grupo de estudantes mobilizados/as pelo CFESS para a votação do PL (foto: Diogo Adjuto)

 

Não fosse pela mobilização organizada pelo CFESS, com estudantes e professoras de Serviço Social da Universidade de Brasília (UnB), o plenário 10 da Câmara dos Deputados teria ficado vazio nesta manhã do dia 19 de junho, quarta-feira. É que parlamentares da base do governo mais uma vez se articularam para o esvaziamento da sessão da Comissão de Educação, em mais uma clara manobra política para o adiamento da votação do Projeto de Lei n.º 3688/2000 (PL Educação), já que o Governo Federal e o Ministério da Educação se posicionam contra o mérito do PL, alegando que assistentes sociais e psicólogos/as “não são profissionais do ensino”.

 

Representado pelas conselheiras Sâmya Ramos, Marylucia Mesquita e pelas assessoras especiais Cristina Abreu e Adriane Dias, o CFESS, juntamente com representantes do Conselho Federal de Psicologia (CFP) e com a relatora do PL na comissão, deputada Keiko Ota (PSB-SP), ainda tentaram mobilizar os/as parlamentares, para atingir o quórum de início da sessão, porém sem sucesso, diante da pressão da base aliada.
 

Para a presidente do CFESS, Sâmya Ramos, a estratégia governista demonstra a lógica adotada pelo governo federal em relação à Educação. “Trata-se essa política como uma despesa e não como investimento. Há 13 anos o projeto tramita na Câmara, em meio às manobras de parlamentares da base do governo, que prejudicam não só o PL Educação, como todas as pautas desta comissão”, criticou.

 

Plenário vazio em dia de sessão da Comissão de Educação na Câmara dos Deputados

Plenário da Comissão de Educação ficou vazio após manobra de parlamentares da base aliada (foto Diogo Adjuto)

 

“Chega de enrolação, Serviço Social na Educação”
Foi com essa e mais várias palavras de ordem que os/as cerca de 100 estudantes da UnB levaram os protestos que vêm tomando conta da sociedade brasileira para os corredores da Câmara dos Deputados. Após o cancelamento da sessão, o grupo saiu do plenário, gritando também “Da Copa eu abro mão, eu quero Educação”, “A nossa luta é todo dia, Educação não é mercadoria”, “ô deputado, preste atenção, ano que vem tem eleição” e rumou à entrada do prédio, onde estavam mais 30 estudantes, que foram surpreendentemente barrados/as pela equipe de segurança da Câmara.

 

Foi a deixa para que a manifestação, que chamou a atenção de quem passava pela Câmara e da imprensa, se instalasse logo na entrada do prédio, em sintonia com o grupo que ficou do lado de fora. Além de exigir a presença dos/as deputados/as na Comissão e a votação do PL Educação, a mobilização se somou ao clamor por direitos humanos, assim como as mobilizações em todo o Brasil.


A estratégia do CFESS agora será a realização de uma reunião na próxima terça-feira (24) com o CFP, com o presidente da comissão, deputado Gabriel Chalita (PMDB-SP), com a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) e com representantes do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), para tentar novamente sensibiliza-los com argumentos concretos e recolocar o PL em votação na sessão que ocorrerá daqui duas semanas.  “Continuaremos na crítica à esta lógica que considera a educação uma mercadoria, e seguiremos firmes na defesa da aprovação do PL”, conclamou Sâmya Ramos.

 

Grupo se mobilizou na entrada da Câmara dos DeputadosGrupo caminhou pelos corredores até a entrada da Câmara, onde se juntou a estudantes que foram barrados na porta (foto: Diogo Adjuto)
 

Estudantes foram barrados na entrada da CâmaraUm segundo grupo de estudantes foi barrado na entrada da Câmara (foto: Diogo Adjuto)

 

Participe!
A participação da categoria nessa luta é de extrema importância. Continue mobilizado/a, divulgue essa luta e mande e-mails aos/às parlamentares, com a sugestão de mensagem abaixo, para fazer pressão e acelerar a votação do PL.
 

 “SR/A DEPUTADO/A

PELA APROVAÇÃO IMEDIATA DO PL 3688/2000

INCLUSÃO DE ASSISTENTES SOCIAIS E PSICÓLOGOS/AS NAS ESCOLAS JÁ!”

 

Para saber os endereços de e-mail dos/as deputados/as, clique aqui
 

 
Veja como foi a audiência pública que debateu o PL Educação
 

Clique para ler a nota conjunta do CFESS e do CFP


 

Curta o CFESS no Facebook e siga-nos no Twitter
No Facebook: http://www.facebook.com/CfessOficial
No Twitter: https://twitter.com/#!/CfessOficial
No Youtube: http://www.youtube.com/user/CFESSvideos

Conselho Federal de Serviço Social - CFESS
Gestão Tempo de Luta e Resistência – 2011/2014
Comissão de Comunicação

Diogo Adjuto - JP/DF 7823
Assessoria de Comunicação
comunicacao@cfess.org.br

 

 

 

Quem somos
Autarquia pública federal que tem a atribuição de orientar, disciplinar, normatizar, fiscalizar e defender o exercício profissional do/a assistente social no Brasil, em conjunto com os Conselhos Regionais de Serviço Social (Cress).
Cadastre-se
E receba por e-mail nosso CFESS Informa, informativo eletrônico com as principais notícias sobre o Serviço Social brasileiro
Conecte-se
O CFESS também esta nas redes sociais
Endereço
Conselho Federal de Serviço Social - CFESS
SCS Quadra 2 Bloco C Ed. Serra Dourada - Salas 312/318
CEP: 70300-902 - Brasília - DF
Tel: (61) 3223-1652
Tel: (61) 3223-2420
Funcionamento: de segunda a sexta de 12h às 18h. Dúvidas e sugestões pelo Fale Conosco.