Terça, 30 de Abril de 2013.
Primeiro de maio é dia de luta!
Chega de exploração da classe trabalhadora. Por condições de trabalho e concursos públicos
Carregando...

Cartaz do dia do/a assistente social com trabalhadora e os dizeres: Polivalente: trabalha por cinco recebendo por uma? Chega de Exploração!

Artes para as comemorações do Dia do/a Assistente Social 2013 (Fotos: Bruno Costa e Silva / Criação: Rafael Werkema)

 

Cartaz do dia do/a assistente social com foto de operário e os dizeres: colaborador para o lucro do patrão? Chega de exploração!Artes para as comemorações do Dia do/a Assistente Social 2013 (Fotos: Bruno Costa e Silva / Criação: Rafael Werkema)

 

Este ano, para celebrar o 1º de maio, dia que homenageia trabalhadores e trabalhadoras em todo o mundo, o CFESS, ao invés de lançar um manifesto específico para data, como tem feito nos últimos anos, destaca duas ações ligadas diretamente à defesa das condições de trabalho e que devem pautar o mês de maio da categoria.

 

A primeira dela é o tema das comemorações do Dia do/a Assistente Social 2013, "Serviço Social na luta contra a exploração do trabalho". Quando se fala em exploração do trabalho, é comum associar o termo à ausência de direitos trabalhistas e até mesmo ao trabalho escravo. Mas na lógica do capital, a exploração da classe trabalhadora se dá não só da forma escancarada como nos exemplos acima, mas também de forma perniciosa, por meio de discursos que alienam e desmobilizam trabalhadores e trabalhadoras em todo o Brasil.

 

Esta é a denúncia que o Conjunto CFESS-CRESS traz nas artes que ilustram as comemorações do Dia do/a Assistente Social 2013, mas que cabem muito bem à celebração do primeiro de maio.

 “O tema do 15 de maio deste ano reafirma os valores e princípios do projeto ético-político profissional do Serviço Social brasileiro, pautado na construção de uma sociedade livre de toda forma de exploração e mercantilização da vida”, ressalta o CFESS Manifesta elaborado para a data.

 

O Manifesto destaca, ainda, as várias estratégias implementadas na luta política do Conjunto CFESS-CRESS em relação às condições de trabalho: a luta pela implementação da Lei das 30 horas; as articulações pela aprovação do PL do piso salarial; a resolução sobre as condições éticas e técnicas do exercício profissional (Resolução n. 493/2006); a realização da campanha pela realização de concurso público para assistentes sociais em diferentes espaços sócio-ocupacionais; a promoção de seminários nacionais para analisar questões e desafios referentes ao trabalho profissional; a elaboração de Parâmetros/subsídios para atuação de assistentes sociais nas áreas da saúde, assistência social e educação. E, sobretudo, todas as articulações do CFESS com os Movimentos sociais que se colocam numa perspectiva emancipatória.

 

Além das peças gráficas já divulgadas no site do CFESS, foram elaborados um Spot para veiculação em rádios e um VT para televisão e internet.

 

Que tal comemorar este primeiro de maio compartilhando o vídeo para o maior número de pessoas?

 

 

Ouça também o spot que será veiculado em rádios

 

E não se esqueça de ler o CFESS Manifesta do Dia do/a Assistente Social!

 

Nosso trabalho com direitos é direito social pra você!

A frase é o mote criativo da campanha que está sendo lançada oficialmente neste 1º de maio pelo Fórum Nacional de Trabalhadores e Trabalhadoras do Sistema Único de Assistência Social (FNTSUAS), que representa categorias profissionais que atuam no SUAS. O CFESS, que integra o Fórum, é um dos apoiadores dessa campanha em defesa de concurso público e contra a precarização do trabalho no SUAS.

 

Cartaz da campanha com ilustração da classe trabalhadora e mote criativoArte da campanha do FNTSUAS (ilustração: Mariano Vale)

 

“Esta é a segunda ação que merece destaque no dia de hoje. Para se trabalhar nas principais redes de atendimento à população usuária da Assistência Social, como os Centros de Referência de Assistência Social (CRAS e CREAS), normalmente, não se exige a realização de concursos públicos. Em grande parte dos casos, os vínculos empregatícios são terceirizados, o que pode acarretar em serviços de má qualidade e até a interrupção do atendimento à população usuária, que acaba sendo a mais afetada. Por isso, defendemos que a garantia de direitos trabalhistas para as pessoas que executam a política de assistência contribui para a melhoria dos serviços prestados que, consequentemente, são revertidos como direito social à população”, explica a representante do CFESS no FNTSUAS, Esther Lemos.

 

A campanha também quer valorizar o trabalho no Sistema Único de Assistência Social e esclarecer os direitos de trabalhadores e trabalhadoras e da população usuária e difundir a necessidade de profissionalização do trabalho nessa área, além de desenvolver diversas ações com o intuito de potencializar a formação técnica e a especialização de agentes públicos.

 

Conheça também as peças gráficas e compartilhe!

 

Visite o site do FNTSUAS

 

 

Curta o CFESS no Facebook e siga-nos no Twitter

 
Conselho Federal de Serviço Social - CFESS
Gestão Tempo de Luta e Resistência – 2011/2014
Comissão de Comunicação
Rafael Werkema - JP/MG 11732
Assessoria de Comunicação

comunicacao@cfess.org.br 

Quem somos
Autarquia pública federal que tem a atribuição de orientar, disciplinar, normatizar, fiscalizar e defender o exercício profissional do/a assistente social no Brasil, em conjunto com os Conselhos Regionais de Serviço Social (Cress).
Cadastre-se
E receba por e-mail nosso CFESS Informa, informativo eletrônico com as principais notícias sobre o Serviço Social brasileiro
Conecte-se
O CFESS também esta nas redes sociais
Endereço
Conselho Federal de Serviço Social - CFESS
SCS Quadra 2 Bloco C Ed. Serra Dourada - Salas 312/318
CEP: 70300-902 - Brasília - DF
Tel: (61) 3223-1652
Tel: (61) 3223-2420
Funcionamento: de segunda a sexta de 12h às 18h. Dúvidas e sugestões pelo Fale Conosco.