Acessibilidade       A+  A-          Botão Libras  Botão Voz          
O que você procura?
Terça, 26 de Junho de 2012.

CFESS lança manifesto sobre o Dia Internacional de Combate às Drogas
Violência e autoritarismo do Estado não resolvem o problema. Veja o debate que o documento propõe

Arte: Rafael Werkema/CFESS

"Restringir ou priorizar o enfrentamento do consumo e do tráfico de drogas à repressão tem representado não uma luta contra as drogas, mas o extermínio de crianças, jovens e adultos/as que tem suas trajetórias de vida marcadas pelo abandono, pela desproteção social e pela miséria, (re)produzidas por uma sociabilidade fundada na exploração e na mercantilização de todas as dimensões da vida social". Esta frase, em tom de denúncia, já dá uma ideia do debate que o CFESS Manifesta do Dia Internacional de Combate às Drogas, lançado nesse dia 22 de junho, propõe à categoria.

O texto conclama os/as assistentes sociais brasileiros/as, com base no seu conhecimento crítico da realidade social e institucional consolidada no exercício profissional nas áreas da Saúde, da Assistência Social, da Educação, da Habitação e do Judiciário, a se manifestarem contra o discurso dominante e falacioso da "guerra às drogas", tendo em vista que as questões relacionadas ao tema podem ser enfrentadas de forma justa e democrática, com a universalização do acesso e com a melhoria da qualidade das políticas sociais.

"O CFESS manifesta repúdio a todas as formas de intervenção arbitrária e violenta que, 'em nome da saúde e da segurança', violam direitos humanos e a autonomia dos indivíduos sociais que, por motivações diversas e determinações complexas, fazem uso de drogas hoje consideradas ilícitas".

Leia o CFESS Manifesta do Dia Internacional de Combate às Drogas

Conselho Federal de Serviço Social - CFESS
Gestão Tempo de Luta e Resistência – 2011/2014
Comissão de Comunicação

Rafael Werkema - JP/MG 11732
Assessor de Comunicação
comunicacao@cfess.org.br