Sexta, 27 de Abril de 2012.
Ensino à distância é pauta de reunião do CFESS
Conselho foi ao Senado para debater o assunto
Carregando...

Conselheiras do CFESS se reúnem com a senadora Ana Rita (esq.) (foto: Diogo Adjuto)

O CFESS foi ao Senado Federal nesta quinta-feira, 26 de abril, para apresentar os problemas da Graduação à Distância em Serviço Social à senadora Ana Rita (PT-ES), que é assistente social. Participaram da reunião no gabinete da parlamentar as conselheiras Esther Lemos, Ramona Carlos e Juliana Melim.

Após apresentar à senadora algumas das diversas irregularidades em cursos de graduação à distância em Serviço Social, verificadas durante fiscalização dos CRESS e Seccionais, as conselheiras do CFESS solicitaram à parlamentar a realização de uma audiência pública para discutir o assunto e explicitar os dossiês construídos pelo Conjunto CFESS-CRESS sobre a incompatibilidade entre a graduação à distância e Serviço Social.

“Hoje são 68 mil alunos matriculados nos cursos de graduação à distância em Serviço Social. Essa massificação sem qualidade expressa o processo de precarização que tem atingido a formação em nossa área e, consequentemente, o exercício profissional do/a assistente social”, ressaltou a coordenadora da Comissão de Formação Profissional do CFESS, Juliana Melim.

A senadora apoia a luta dos/as assistentes sociais e se comprometeu a solicitar o agendamento da Audiência Pública, de modo a garantir a participação também da ABEPSS, da ENESSO e do ANDES-SN. Foi a segunda vez que Ana Rita recebeu a diretoria do CFESS. Em 6 de junho do ano passado, ela esteve com representantes do Conselho para discutir a jornada semanal de trabalho de 30 horas sem redução dos salários, que foi novamente pauta na reunião.

30 horas
Nesta quinta-feira, o CFESS reforçou o pedido de apoio de Ana Rita à campanha “STF, vote contra a ADIN 4.468”, referente à ação direta de inconstitucionalidade impetrada pela Confederação Nacional de Saúde (CNS) contra a lei 12.317/2010 e que está em tramitação no Supremo Tribunal Federal (STF).

Além disso, a conselheira Ramona Carlos reiterou a questão da resistência dos órgãos públicos federais em cumprir a lei e garantir a jornada de 30h semanais sem redução salarial para todos/as os/as assistentes sociais.  “A lei é clara e se estende a toda a categoria. É inaceitável que o mesmo Governo que garantiu esse direito dificulte a sua concretização”, completou.

Veja o documento “Sobre a incompatibilidade entre graduação à distância e Serviço Social”


Leia também:

Conselho Federal divulga nota sobre as 30 horas semanais

Conselho Federal de Serviço Social - CFESS
Gestão Tempo de Luta e Resistência – 2011/2014
Comissão de Comunicação

Diogo Adjuto - JP/DF 7823
Assessoria de Comunicação
comunicacao@cfess.org.br


Quem somos
Autarquia pública federal que tem a atribuição de orientar, disciplinar, normatizar, fiscalizar e defender o exercício profissional do/a assistente social no Brasil, em conjunto com os Conselhos Regionais de Serviço Social (Cress).
Cadastre-se
E receba por e-mail nosso CFESS Informa, informativo eletrônico com as principais notícias sobre o Serviço Social brasileiro
Conecte-se
O CFESS também esta nas redes sociais
Endereço
Conselho Federal de Serviço Social - CFESS
SCS Quadra 2 Bloco C Ed. Serra Dourada - Salas 312/318
CEP: 70300-902 - Brasília - DF
Tel: (61) 3223-1652
Tel: (61) 3223-2420
Funcionamento: de segunda a sexta de 12h às 18h. Dúvidas e sugestões pelo Fale Conosco.