Acessibilidade       A+  A-          Botão libras  Botão Voz          
O que você procura?
Quinta, 28 de Novembro de 2019.

“A nossa luta unificou: é usuário junto com trabalhador!”, diz a voz da Conferência Democrática de Assistência Social
Evento termina em Brasília, com audiência pública pelo fortalecimento do Suas

Imagem mostra o auditório lotado durante a conferência, com a mesa coordenadora em cima do palco e a conselheira do CFESS Elaine Pelaez em sua fala.Público lotou o auditório da ADUnb nos dois dias de evento. Conselheira do CFESS Elaine Pelaez faz fala durante a conferência (foto: Diogo Adjuto/CFESS)

 

Foram mais de 800 participantes, de todos os estados do Brasil, dentre usuários/as e trabalhadores/as do Sistema Único de Assistência Social (Suas), representantes de entidades, de conselhos profissionais, fóruns, movimentos sociais e associações. Foram dois dias de intensos debates, atividades culturais, troca de experiências e muito aprendizado. Foram também dias de construção coletiva de estratégias de defesa da sobrevivência e fortalecimento do financiamento público do Suas. Estes foram alguns resultados da Conferência Nacional Democrática de Assistência Social (CNDAS), realizada nos dias 25 e 26 de novembro no auditório da Associação dos Docentes da Universidade de Brasília (ADUnb), na capital federal.

 

Realizada pelo Coletivo de Organização que reúne diversos sujeitos e entidades de luta, incluindo-se o CFESS, a CNDAS significou uma resistência aos ataques e desmontes que a Seguridade Social, e em especial a política de assistência social, vem sofrendo no país. O CFESS foi representado pelas conselheiras Régia Prado, Daniela Castilho, Magali Franz, Lylia Rojas e Elaine Pelaez.

 

A conselheira Daniela Castilho explicou que o evento foi organizado em resposta à posição antidemocrática do governo  e da revogação das resoluções do Conselho Nacional de Assistência Social (CNAS), que convocaram a 12ª Conferência Nacional Extraordinária de Assistência Social em 2019. “A representatividade de usuários/as e trabalhadores/as do Suas que conseguimos mobilizar para o evento foi fundamental para o fortalecimento da luta em defesa de mais recursos para o financiamento da política de assistência social. Foi dessa maneira que lotamos o auditório na Câmara dos Deputados e mostramos aos/às deputados/as a urgência e a necessidade de lutar pelo Suas público e universal”, afirmou Castilho.

 

Imagem mostra a conselheira do CFESS Daniela Castilho na mesa que coordenou as atividades da conferência no segundo dia.Conselheira do CFESS Daniela Castilho (centro) foi uma das coordenadoras das atividades no segundo dia (foto: Diogo Adjuto/CFESS)

 

A conferência também teve transmissão ao vivo pela internet (os vídeos estão disponíveis do perfil do CFESS no Facebook – clique aqui), durante os dois dias de evento. 

 

A conselheira do CFESS e coordenadora da Comissão de Seguridade Social, Elaine Pelaez, que fez uma fala no evento em nome do Conselho Nacional de Saúde (CNS), no qual representa o CFESS, destacou que a conferência teve a cara do que o momento atual pede: “tempo de resistir, tempo de explodir, tempo de lutar pelos direitos duramente conquistados para a população, que vêm sendo atacados pelo governo federal”. E acrescentou: “É nesses tempos, com garra, que nos somamos à construção dessa conferência e aos lutadores e lutadoras da assistência social. Nos somamos, porque estamos juntos no campo da Seguridade Social. E mais do que isso, nos somamos, por estamos juntos na construção de uma outra sociedade”, completou Pelaez.

 

Assistentes sociais marcam presença

Como uma ação de mobilização e debate entre a categoria, o CFESS promoveu uma reunião com quase 130 assistentes sociais participantes da conferência, na noite do primeiro dia de evento. A ideia foi dar informes gerais sobre as mais recentes articulações do Conselho Federal na defesa da assistência social e das condições de trabalho de assistentes sociais que atuam neste espaço. “Foi um momento, para falar da agenda do CFESS e para discutir os impactos dos retrocessos no trabalho da categoria e pensar estratégias de resistência e mobilização”, informou a conselheira do CFESS Lylia Rojas.

 

Imagem mostra assistentes sociais juntos em uma escada, fazendo símbolo de luta com as mãos, após a reunião com o CFESS.Assistentes sociais se reuniram com as conselheiras do CFESS no primeiro dia (foto: Diogo Adjuto/CFESS)

 

Participantes lotam a Câmara dos Deputados

Após o encerramento dos debates na UnB, os/as participantes da conferência seguiram para a Câmara dos Deputados, onde participaram da audiência pública sobre “A defesa do direito à assistência social e ao financiamento público do setor”, realizada pela Comissão de Legislação Participativa da casa.

 

O CFESS marcou presença e, juntamente com os/as presentes, que lotaram o auditório Nereu Ramos, bradou as palavras de ordem: “a nossa luta unificou, é usuário junto com trabalhador!”, para demonstrar a união entre trabalhadores/as e usuários do Suas, que participaram de forma intensa e maciça na conferência e reafirmaram a necessidade de mais recursos para a política de assistência social no Brasil.

 

A mesa da audiência contou com a participação de diversas entidades do campo da assistência social e contou com apoio de parlamentares, a exemplo da deputada federal Erika Kokay, responsável pelo requerimento de realização da audiência. 

 

Imagem mostra a conselheira do CFESS Régia Prado, durante fala conjunta com o CFP na audiência pública.Conselheira do CFESS Régia Prado fez uma fala durante a audiência pública na Câmara (foto: Diogo Adjuto/CFESS)

 

Na fala da conselheira Régia Prado, trabalhadora da política de assistência social, o CFESS, que dividiu fala com o Conselho Federal de Psicologia (CFP), reforçou o espírito de unidade entre trabalhadores/as e usuários/as do Suas na defesa da política de assistência como dever do Estado, com garantia de orçamento que possibilite a efetivação dos benefícios e condições éticas e técnicas de trabalho e atendimento.

 

Para a coordenadora do Fórum de Usuários/as do Suas do estado do Acre e coordenadora do Instituto Ecovida, Antônia Fábia, “a conferência democrática foi um espaço essencial para não deixar morrer a luta em defesa de direitos conquistados duramente ao longo dos anos para a população brasileira, que, como ela, necessita e faz uso da assistência social para voltar à sociedade como cidadão de direitos”.

 

No mesmo sentido, Eduardo Matos, do Movimento Nacional da População em Situação de Rua, ressalta a importância da conferência, falando de sua própria experiência. “Sou um ex-morador de rua, que consegue ressignificar a vida, sobretudo a partir do acesso ao Serviço Social. A população precisa sim da assistência social e de mais financiamento para essa política”, completou.

 

Carta está disponível

A Carta da Conferência está disponível (clique aqui para conhecer), com os encaminhamentos políticos definidos pelos/as participantes na plenária final. Dentre uma série de ações pelo fortalecimentos do Suas, usuários/as, trabalhadores/as, entidades de Assistência Social, gestores/as, movimentos sociais e organizações populares de todo Brasil assinam o documento, que traz a pauta política e encaminhamentos a serem colocados em prática a partir de agora.

 

Clique para acessar a Carta da Conferência

 

Confira abaixo mais fotos da conferência e da audiência pública: 

 

Imagem da exposição da campanha 'assistentes sociais no combate ao racismo', que também foi levada para a conferência.Exposição da campanha 'Assistentes sociais no combate ao racismo' foi montada durante a conferência (foto: Diogo Adjuto/CFESS)

 

 

Imagem do estande do CFESS, onde foram distribuídas publicações do Conselho Federal.CFESS distribuiu publicações para os/as participantes do evento (foto: Diogo Adjuto/CFESS) 

 

 

Imagem do público no auditório da Conferência.CFESS marcou presença nas atividades da Conferência Democrática (foto: Diogo Adjuto/CFESS)

 

 

Imagem mostra mesa da audiência pública, durante a fala da professora Berenice Rojas.Assistente social e professora Berenice Rojas iniciou os debates da mesa da audiência pública (foto: Diogo Adjuto/CFESS)


 

Imagem mostra auditório Nereu Ramos lotado, na Câmara dos Deputados.Participantes da conferência democrática agitaram o auditório Nereu Ramos, na Câmara dos Deputados (foto: Diogo Adjuto/CFESS)
 

Conselho Federal de Serviço Social - CFESS
Gestão É de batalhas que se vive a vida - 2017/2020
Comissão de Comunicação
Diogo Adjuto - JP/DF 7823
Assessoria de Comunicação
comunicacao@cfess.org.br