Acessibilidade       A+  A-          Botão Libras  Botão Voz          
O que você procura?
Quarta, 12 de Junho de 2019.

Sou assistente social, estou na Greve Geral!
Mobilização nacional é protesto à reforma da previdência e ao desmonte dos direitos sociais

Imagem mostra uma ilustração de uma multidão se manifestando e sobre as pessoas o texto 14 de junho: Sou assistente social, estou na Greve Geral(arte: Rafael Werkema/CFESS)

 

Na próxima sexta-feira (14 de junho), trabalhadores e trabalhadoras de todo o Brasil farão uma greve geral, em protesto à reforma da previdência social proposta pelo governo e que tem recebido apoio do empresariado e de parte do Congresso Nacional. A mobilização nacional, organizada por movimentos sociais, centrais sindicais e diversos outros sujeitos coletivos, é uma resposta legítima à tentativa de desmonte dos direitos sociais, que vem se intensificando ao longo dos últimos anos.

 

Nós, assistente sociais, que trabalhamos nas políticas sociais como as da seguridade social (saúde, assistência social e previdência social), temos presenciado e vivenciado situações degradantes que atingem não só a população usuária do Serviço Social, como nossas condições de trabalho e vida.

 

Por isso, e por defendermos o trabalho de assistentes sociais pautado na perspectiva da ampliação de direitos e democratização do acesso, é que, mais uma vez, nos somamos ao chamado da Greve Geral, e convidamos a categoria a participar das atividades que ocorrerão durante todo o dia.

Dia 14 de junho, sou assistente social, estou na Greve Geral!

 

Conselho Federal de Serviço Social – CFESS
Gestão É de batalhas que se vive a vida! (2017-2020)