Acessibilidade       A+  A-          Botão Libras  Botão Voz          
O que você procura?
Sabado, 17 de Fevereiro de 2018.

Assistentes sociais dizem não à ‘reforma’ da Previdência
A próxima segunda (19/2) será marcada por diversas mobilizações em todo país

Imagem traz ilustração de trabalhadores e trabalhadoras numa manifestação e o chamado à categoria, que diz não à ReformaArte: Rafael Werkema/CFESS

 

Não adianta o governo ilegítimo de Michel Temer tentar maquiar. A chamada "reforma" da Previdência vai atingir diretamente a classe trabalhadora do país.

 

Por isso, o CFESS, fundamentado no Projeto ético-político profissional e na Carta de Brasília, aprovada no 46º Encontro Nacional CFESS-CRESS por assistentes sociais de todos os estados brasileiros, onde reafirmam que o governo de Temer aprofunda a retirada de direitos de assistentes sociais e de toda a classe trabalhadora, faz um chamado à categoria para se informar sobre os atos em sua cidade com os movimentos sociais e centrais sindicais e participar das mobilizações do próximo dia 19 de fevereiro!

 

Ocupar as ruas, protestar, paralisar as atividades, conversar com a população usuária do serviço social sobre os danos que a proposta de "reforma" vai causar e como essa destruição de direitos aprofunda o golpe à classe trabalhadora, são algumas das estratégias para tentar barrar a votação da mesma no Congresso Nacional.

 

Nada a temer! Nenhum direito a menos! Assistentes sociais nas ruas, na luta!

 

 

Conselho Federal de Serviço Social - CFESS

Gestão É de batalhas que se vive a vida - 2017/2020