Terça, 09 de Maio de 2017.
Assistentes sociais ocupam ministério em Brasília, em defesa da previdência
Profissionais do INSS realizam manifestação e garantem audiência com gestores
Carregando...

Profissionais do INSS realizam manifestação em frente ao MDSAProfissionais do INSS realizaram manifestação em frente ao MDSA (foto: Ascom/Fenasps)

 

Que o Serviço Social é contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287/2016, conhecida como Reforma da Previdência, todo mundo já sabe. Por isso, na luta contra essa agressiva proposta de contrarreforma da seguridade social, e para fortalecer o serviço social do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), assistentes sociais do órgão, juntamente com outros/as servidores/as da instituição, realizaram uma mobilização nacional nesta segunda-feira, 8 de maio. Em Brasília, com a participação do CFESS, o ato ocupou a sede do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA).

 

A conselheira do CFESS Raquel Alvarenga, que esteve presente à mobilização juntamente com o presidente do Conselho, Maurílio Matos e a assessora especial Zenite Bogéa, explica que os servidores e servidoras reivindicaram audiência com o ministro da pasta, Osmar Terra, para entregar pauta de reivindicações da categoria, o que não ocorreu. No entanto, representantes da Federação Nacional de Trabalhadores em Saúde, Trabalho, Previdência e Assistência Social (Fenasps) e da Comissão de Assistentes Sociais da federação foram recebidos pelo secretário-executivo do MDSA, Alberto Beltrame, apenas no final da tarde.

 

Profissionais do lado de dentro do MinistérioAssistentes sociais ocuparam o ministério (foto: Ascom/Fenasps)

 

“A avaliação que fazemos é de que o ato foi vitorioso. Chamamos a atenção da sociedade, dos/as gestores/as e conseguimos uma audiência para amanhã (10/5), com o presidente do INSS, o representante do MDSA e com a possibilidade de presença do ministro. Além disso, mobilizamos a categoria em todo o Brasil, que parou para uma reflexão fundamental neste momento importante e tão delicado, em que tanto o serviço social, quando a reabilitação profissional  estão passando dentro da autarquia”, ressalta a conselheira do CFESS.

 

 A pasta do Desenvolvimento Social e Agrário é responsável pelas demandas do INSS, já que o Ministério da Previdência Social foi extinto pelo governo Temer. O ato foi uma resposta ao desmonte progressivo dos serviços previdenciários de reabilitação profissional e do Serviço Social, que vem sendo promovido pela gestão. Entre os pontos de pauta, estão o respeito à especificidade profissional, autonomia técnica e o fim do assédio a que os/as profissionais têm sido submetidos nos últimos meses. 

 

Com informações da Ascom/Fenasps

 

Leia também: 

 

"Reforma" da Previdência? Assistente social diz não!

 

Conselho Federal de Serviço Social - CFESS

Gestão Tecendo na luta a manhã desejada - 2014/2017
Comissão de Comunicação
Diogo Adjuto - JP/DF 7823
Assessoria de Comunicação
comunicacao@cfess.org.br

Quem somos
Autarquia pública federal que tem a atribuição de orientar, disciplinar, normatizar, fiscalizar e defender o exercício profissional do/a assistente social no Brasil, em conjunto com os Conselhos Regionais de Serviço Social (Cress).
Cadastre-se
E receba por e-mail nosso CFESS Informa, informativo eletrônico com as principais notícias sobre o Serviço Social brasileiro
Conecte-se
O CFESS também esta nas redes sociais
Endereço
Conselho Federal de Serviço Social - CFESS
SCS Quadra 2 Bloco C Ed. Serra Dourada - Salas 312/318
CEP: 70300-902 - Brasília - DF
Tel: (61) 3223-1652
Tel: (61) 3223-2420
Funcionamento: de segunda a sexta de 12h às 18h. Dúvidas e sugestões pelo Fale Conosco.