Segunda, 23 de Maio de 2016.
Fiscalização em debate: termina o 10º Seminário das Cofis
Evento reúne mais de 100 profissionais, com grande presença de agentes fiscais
Carregando...

 

Imagem da primeira mesa do último dia do Seminário das CofisSegundo dia de seminário teve início com a coordenadora da Cofi do CFESS, Josiane Soares (esq.) - foto: Diogo Adjuto/CFESS

 

O segundo e último dia de atividades do 10º Seminário de Capacitação das Comissões de Orientação e Fiscalização Profissional (Cofis) do Conjunto CFESS-CRESS teve inicio com a mesa Condições de Trabalho dos/as Agentes Fiscais e desdobramentos da revisão dos instrumentos. O evento, que ocorreu em Brasília (DF) até este sábado, reuniu agentes fiscais e conselheiras/os dos CRESS de todo o Brasil.

 

A coordenadora da Cofi do CFESS, Josiane Soares, debateu sobre a possibilidade de instituição de um documento orientativo para o funcionamento das Comissões de Fiscalização. De acordo com ela, o instrumento deverá considerar alguns elementos, como o espaço físico e equipamentos mínimos necessários para a fiscalização, as condições de deslocamento das/os profissionais, a Política de Educação Permanente, a elaboração e adoção do Plano de Cargos, Carreiras e Remunerações, bem como a celebração dos acordos coletivos de trabalho entre os CRESS e os/as trabalhadores/as.

 

“Nossa direção é pensar coletivamente, no sentido de garantir cada vez melhores condições de trabalho para as/os agentes fiscais e para o conjunto de trabalhadores/as dos CRESS e do CFESS”, destaca Josiane Soares.

 

Quem debateu na mesa em seguida foi o assessor jurídico do CFESS Vitor Alencar, que trouxe os aspectos normativos relevantes sobre a jornada de trabalho das/os agentes fiscais. Vitor afirmou também que considera fundamental o processo de planejamento das Cofis em cada CRESS, de modo a garantir a previsibilidade das viagens de fiscalização.

 

Imagem do público do seminárioEvento teve 103 participantes, dentre os quais 58 agentes fiscais dos CRESS (foto: Diogo Adjuto/CFESS)

 

“Os conselhos profissionais têm sido objeto de análise do Tribunal de Contas da União e, atendendo às funções precípuas, zelamos pelos procedimentos adequados, o respeito às legislações, sempre na direção da garantia dos direitos do/a trabalhador. Nesse sentido, o documento’ Diretrizes da Gestão do Trabalho no Conjunto CFESS-CRESS’ é fundamental”, afirmou o assessor.

 

Encaminhamentos
A parte da tarde teve início com a mesa de propostas de encaminhamento do grupo de trabalho da Revisão dos Instrumentais da Cofi. A conselheira do CFESS Solange Moreira afirmou que o resultado do trabalho do GT será encaminhado aos Regionais, com base nas contribuições dos CRESS e nos debates do 10º Seminário, antes do Encontro Nacional.

 

“Reafirmamos aqui a necessidade de participação das/os agentes fiscais no Encontro Nacional, a ampla discussão dos temas com delegados/as que irão ao evento pelos CRESS, não só para o fortalecimento das discussões que lá estarão colocadas, mas para o aperfeiçoamento constante de nossos instrumentos”, destacou a conselheira.

 

Solange informou ainda que a brochura “Instrumentos para o exercício da fiscalização profissional” será atualizada, com inclusão dos textos apresentados no 10º Seminário das Cofis e ressaltou a importância da continuação do debate até o próximo seminário.

 

Com um total de 103 participantes, dos quais 59 agentes fiscais dos CRESS,  o evento terminou com a avaliação do público. A presidente do CRESS-PE, Galba Taciana avaliou como necessária a “ousadia da gestão do CFESS de pautar temas necessários e polêmicos para o exercício profissional, entendendo que o diferencial deste debate será a reprodução das discussões em cada estado, de modo a coloca-las em prática em cada Regional”.

 

Imagem da mesa final do eventoMesa final abordou os encaminhamentos dos debates, apresentados pela conselheira do CFESS Solange Moreira (dir.) - foto: Diogo Adjuto/CFESS

 

O agente fiscal do CRESS-SC, Cleverton Maciel, considerou o evento um momento importante de interlocução com cada profissional de diferentes regiões e ressaltou a importância de cada um – agentes fiscais e conselheiros/as – se apropriar dos instrumentos e contribuir com o trabalho do GT de Revisão.

 

A vice-presidente do CFESS, Esther Lemos, destacou a maciça presença de agentes ficais no seminário, a partir da contribuição dos CRESS para que os debates pudessem se concretizar. “As nossas decisões são sempre coletivas, para que o trabalho se realize também coletivamente, enfrentando os desafios cotidianos. É por isso que momentos de debate como este são fundamentais, de modo que o Conjunto possa contribuir com as construções que implementamos em todas as dimensões de nossa atuação”, completou a conselheira.

 

Ao final do evento, as/os agentes fiscais presentes apresentaram um documento elaborado pelas/os profissionais, no qual apresentaram seu posicionamento sobre a atual conjuntura brasileira (clique aqui para acessar)

 

Leia também:
 

Seminário debate instrumentos de fiscalização do Conjunto CFESS-CRESS


 

Conselho Federal de Serviço Social - CFESS

Gestão Tecendo na luta a manhã desejada - 2014/2017
Comissão de Comunicação
Diogo Adjuto - JP/DF 7823
Assessoria de Comunicação
comunicacao@cfess.org.br

Quem somos
Autarquia pública federal que tem a atribuição de orientar, disciplinar, normatizar, fiscalizar e defender o exercício profissional do/a assistente social no Brasil, em conjunto com os Conselhos Regionais de Serviço Social (Cress).
Cadastre-se
E receba por e-mail nosso CFESS Informa, informativo eletrônico com as principais notícias sobre o Serviço Social brasileiro
Conecte-se
O CFESS também esta nas redes sociais
Endereço
Conselho Federal de Serviço Social - CFESS
SCS Quadra 2 Bloco C Ed. Serra Dourada - Salas 312/318
CEP: 70300-902 - Brasília - DF
Tel: (61) 3223-1652
Tel: (61) 3223-2420
Funcionamento: de segunda a sexta de 12h às 18h. Dúvidas e sugestões pelo Fale Conosco.