Acessibilidade       A+  A-          Botão Libras  Botão Voz          
O que você procura?
Terça, 13 de Outubro de 2015.

Vem aí a Semana pela Democratização da Comunicação, de 14 a 21 de outubro
Serviço Social está nessa luta, que trará atividades em todo o Brasil

Reprodução da arte do FNDC para a Semana Nacional pela Democratização da ComunicaçãoReprodução da arte do FNDC para a Semana Nacional pela Democratização da Comunicação 

 

Novamente o CFESS pergunta: por que democratizar a comunicação no Brasil? O que você entende por direito à comunicação? Que imagem da profissão você gostaria de ver nos meios de comunicação? A partir dessas e de vários outros questionamentos que o Serviço Social brasileiro está na luta pela democratização da mídia no país. E nesta quarta-feira (14), começa a Semana Nacional pela Democratização da Comunicação, organizada pelo Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação (FNDC), do qual o CFESS é membro.

 

A Semana contará atividades em todas as regiões do país. São inúmeras ações previstas, que vão desde panfletagens, debates, audiências púbicas, rodas de conversa, minicursos, oficinas, até intervenções culturais, atos políticos e festas temáticas.

 

O objetivo é mais uma vez chamar a atenção da população para a importância da atualização do marco legal para as comunicações, que contemple todos os setores da sociedade, com ênfase no apoio e coleta de assinaturas ao Projeto de Lei de Iniciativa Popular da Mídia Democrática (PLIP), para o qual o Conjunto CFESS-CRESS vem recolhendo assinaturas de apoio. Além disso, cobrar do Poder Público medidas imediatas para avançar na garantia e promoção da liberdade de expressão e do direito à comunicação para a diversidade cultural e regional brasileira, como preconiza Constituição Federal de 1988.  

 

A coordenadora da Comissão de Comunicação do CFESS, Daniela Neves, reafirma a importância da presença do Serviço Social nessa luta. “A comunicação tem papel estratégico no fortalecimento dos usuários e usuárias dos serviços e políticas sociais, na disputa pela função e imagem social do Serviço Social e na construção da democratização da comunicação com vistas à transformação das relações sociais”, explica a conselheira do CFESS.

 

 Mídia brasileira em poucas mãos
Vale lembrar que menos de dez grupos familiares concentram os principais meios de comunicação no Brasil, numa verdadeiro esquema de monopólios e oligopólios em âmbito regional e nacional. Além disso, cerca de 25% dos senadores e senadoras, e 10% dos deputados e deputadas, controlam concessões de rádio e televisão, violando a Constituição Federal de 1988 e desequilibrando o jogo democrático da representação política.

 

A violação de direitos humanos praticada pela mídia e a falta de equilíbrio entre emissoras públicas, comunitárias e comerciais se soma a todo esse cenário de pouca diversidade e pluralidade de ideias, impedindo o exercício pleno da nossa democracia.

 

A participação do Serviço Social na luta pela democratização da comunicação é inclusive uma deliberação do Encontro Nacional CFESS-CRESS e também um dos princípios que constará da nova edição da Política Nacional de Comunicação do Conjunto, a ser lançada ainda em 2015.

 

Clique aqui para saber quais serão as atividades em seu estado e participe!

 

No facebook, confirme presença, confira os detalhes e compartilhe o evento pelas redes: Semana Nacional pela Democratização da Comunicação

 

Com informações do FNDC

 

Conselho Federal de Serviço Social - CFESS

Gestão Tecendo na luta a manhã desejada - 2014/2017
Comissão de Comunicação
Diogo Adjuto - JP/DF 7823
Assessoria de Comunicação
comunicacao@cfess.org.br