Acessibilidade       A+  A-          Botão Libras  Botão Voz          
O que você procura?
Sexta, 21 de Agosto de 2015.

CFESS repudia aprovação da PEC 171/93, que reduz a maioridade penal
Proposta foi votada em 2º turno na Câmara dos Deputados nesta semana. Luta continua no Senado

Imagem ilustrativa com os dizeres Que vergonha, parlamentararte: Rafael Werkema

 

A luta em defesa dos direitos de crianças e adolescentes sofreu uma derrota nesta semana, embora não definitiva: a Câmara dos Deputados aprovou, na última quarta-feira (19), em 2º turno, a proposta de emenda à constituição (PEC) 171/93, que diminui a maioridade penal de 18 para 16 anos, no caso de crimes hediondos, homicídio doloso e lesão corporal seguida de morte.

 

O CFESS repudia de forma veemente a aprovação da PEC, mas conclama a categoria de assistentes sociais, juntamente com as entidades e os movimentos aliados, a seguir firme na luta, uma vez que a PEC 171/93 agora segue para o Senado Federal, onde também precisará ser votada e aprovada em dois turnos.

 

A defesa dos direitos de crianças e adolescentes é historicamente uma importante bandeira de luta do Serviço Social brasileiro.

 

Por isso, o Conjunto CFESS-CRESS defende que é preciso investir em políticas públicas para a infância e juventude, implementar o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) em sua totalidade, inclusive no que diz respeito às medidas socioeducativas para quem comete atos infracionais. A luta continua, agora no Senado!

 

Leia também a nota do Conselho Nacional dos Direitos do Idoso (CNDI), do qual o CFESS faz parte

 

Para saber mais:
 

Folder do CFESS Reduzir a maioridade penal e o aumento do tempo de internação de adolescentes? Sou contra!
 

Serviço social diz não à redução da maioridade penal!

 

Conselho Federal de Serviço Social - CFESS

Gestão Tecendo na luta a manhã desejada - 2014/2017
Comissão de Comunicação
Diogo Adjuto - JP/DF 7823
Assessoria de Comunicação
comunicacao@cfess.org.br