Sexta, 01 de Maio de 2015.
Resistência e Organização no Dia internacional do Trabalhador e da Trabalhadora
CFESS reafirma o debate, em um contexto de conservadorismo e regressão de direitos da classe trabalhadora no Brasil
Carregando...

Arte do CFESS Manifesta do dia 1 de maio de 2015Arte: Rafael Werkema

 

O Brasil vive um momento em que professores e professoras reivindicando melhores condições de trabalho são brutalmente agredidos pelo aparato militar do Estado, como ocorreu nesta semana no Paraná; um momento em que terceirizar atividades de uma empresa e cortar direitos e remuneração são ações defendidas por parlamentares eleitos pelo povo; um momento em que reduzir direitos sociais conquistados a duras penas pela sociedade brasileira se torna realidade em um piscar de olhos.

 

Este 1º de maio de 2015, Dia Internacional do Trabalhador e da Trabalhadora, ficará marcado na vida de profissionais de diversas áreas por muitos anos. Será lembrado como o 1º de maio em que o Congresso Nacional apresentou talvez a composição mais conservadora e atrasada da história e que, por sua vez, põe em curso, dia após dia, uma conjuntura de profundos retrocessos nos direitos sociais da classe trabalhadora brasileira. É nesse contexto que o CFESS Manifesta mais uma vez que a luta em defesa dos direitos de trabalhadores e trabalhadoras é também do Serviço Social.

 

Clique aqui e leia o CFESS Manifesta do Dia 1º de maio

 

“Isso, porque o desmonte dos direitos sociais afeta duplamente a categoria de assistentes sociais: por um lado somos, em grande parte, trabalhadoras e trabalhadores assalariados, sofrendo injunções dos contratos temporários e dos baixos salários que vigoram no nosso mercado de trabalho. Por outro lado, a precariedade dos direitos a operar, como parte das nossas atribuições, é uma das razões que incide negativamente na qualidade dos serviços prestados a esta parcela da população que, nos últimos anos, tem seus direitos crescentemente usurpados”, diz trecho do documento, elaborado especialmente para este dia 1º de maio.

 

Assistentes sociais estão na luta
A categoria profissional não foge à luta. Diversos grupos de assistentes sociais estão mobilizados pelo Brasil, com diferentes pautas, em defesa dos direitos da classe trabalhadora. Um destes é composto por assistentes sociais da Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos do Amazonas (SEMASDH). “Diante do descumprimento, por parte da Prefeitura de Manaus, das negociações realizadas em maio de 2014 com o Sindicato de Assistentes Sociais do Estado do Amazonas, estamos em greve há quase um mês, em defesa da valorização profissional e da melhoria das condições de trabalho”, explica o grupo de assistentes sociais, em mensagem enviada por e-mail ao CFESS, destacando que só voltarão ao trabalho quando as reivindicações acordadas anteriormente forem atendidas.

 

Imagem do grupo de assistentes sociais em greve no AmazonasGrupo está em greve por melhores condições de trabalho e cumprimento de acordo no Amazonas (foto: enviada por assistentes sociais da mobilização)

 

Piso salarial para a categoria
Já um grupo de assistentes sociais do Ceará deu início à Mobilização Nacional pela Aprovação do Piso Salarial do Assistente Social. Para tanto, criaram um perfil no Facebook, para dar visibilidade à estratégia articulada pelo movimento, de pressionar parlamentares da Câmara dos Deputados, onde se encontra o Projeto de Lei (PL)5278/2009, que trata do piso salarial de assistentes sociais. A ideia é estimular a categoria a ligar para o Disque-Câmara – 0800619619 – e se manifestar favoravelmente sobre o PL, dirigindo o posicionamento para o atual deputado relator, deputado Aluísio Mendes (PSDC/MA).

 

Arte elaborada pela mobilização nacional em favor do piso salarialArte elaborada pela Mobilização Nacional em favor do piso salarial

 

Clique aqui e assine também o abaixo-assinado em defesa do piso salarial para assistentes sociais

 

Conselho Federal de Serviço Social - CFESS

Gestão Tecendo na luta a manhã desejada - 2014/2017
Comissão de Comunicação
Diogo Adjuto - JP/DF 7823
Assessoria de Comunicação
comunicacao@cfess.org.br

Quem somos
Autarquia pública federal que tem a atribuição de orientar, disciplinar, normatizar, fiscalizar e defender o exercício profissional do/a assistente social no Brasil, em conjunto com os Conselhos Regionais de Serviço Social (Cress).
Cadastre-se
E receba por e-mail nosso CFESS Informa, informativo eletrônico com as principais notícias sobre o Serviço Social brasileiro
Conecte-se
O CFESS também esta nas redes sociais
Endereço
Conselho Federal de Serviço Social - CFESS
SCS Quadra 2 Bloco C Ed. Serra Dourada - Salas 312/318
CEP: 70300-902 - Brasília - DF
Tel: (61) 3223-1652
Tel: (61) 3223-2420
Funcionamento: de segunda a sexta de 12h às 18h. Dúvidas e sugestões pelo Fale Conosco.