Acessibilidade       A+  A-          Botão Libras  Botão Voz          
O que você procura?
Segunda, 03 de Fevereiro de 2014.

CFESS lança nota de repúdio ao autoritarismo
Leia documento

Reprodução do jornal da associação dos professores da PUC

 

O Conselho Federal de Serviço Social (CFESS), entidade que congrega mais de 130 mil assistentes sociais em todo o país, vem a público manifestar seu repúdio às atitudes autoritárias e repressoras protagonizadas pela reitoria da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) contra a professora Maria Beatriz Costa Abramides e a contra a Associação dos Professores (APROPUC).

 

A reitoria da universidade, dando continuidade às práticas antidemocráticas inauguradas com a posse da atual reitora, acaba de escrever um lamentável capítulo da história desta importante instituição de ensino. A condenação de Beatriz Abramides expressa o cerceamento das liberdades de expressão, organização e manifestação.

 

A luta em defesa do ensino de qualidade e da democracia universitária vem sendo construída por entidades como APROPUC e por pessoas como a assistente social Beatriz Abramides. Nesse sentido, o CFESS, representando a categoria de assistentes sociais, se solidariza com a professora e com a Associação, reafirmando que sem movimento não há liberdade.

                               

 

Conselho Federal de Serviço Social (CFESS)
Gestão Tempo de Luta e Resistência (2011-2014)

 

Assine a petição-pública de apoio à professora Bia Abramides, clicando aqui 


*Quem quiser assinar o manifesto de apoio à professora, deve encaminhar um e-mail para a APROPUC, pelo endereço imprensaapropuc@gmail.com